Projeto InfoSCADA: aplicação da solução Proficy nos terminais e dutos operados pela Transpetro

Diante da abrangência geográfica da Transpetro identificou-se a necessidade de centralizar dados de processo e fornecer informações para usuários corporativos. Os dados tem origem nos gasodutos, nos oleodutos e nos terminais da Transpetro. Para isso, foi implantada uma ferramenta que trouxe as informações dos sistemas supervisórios de campo para um único local e também permitiu o acesso dos usuários da rede corporativa.

Dessa forma, a Transpetro criou o InfoSCADA, baseado no GE Historian, que é o seu PIMS (Process Information Management Systems) ou Sistema de Gerenciamento de Informação de Processo. O InfoSCADA suporta hoje 150.000 tags, coletadas de 114 computadores, em 57  localidades. Tem 2.750 telas desenvolvidas no Proficy Portal, com acesso de 100 usuários simultâneos.

Benefícios

Um banco de dados armazena variáveis da Transpetro em pouco espaço e com tempo de pesquisa baixíssimo. A Transpetro busca dados registrados há meses em questão de segundos.

Uma das áreas que tem colhido grandes benefícios com a implantação do InfoSCADA é a manutenção. Há maior facilidade para acesso aos dados e acompanhamento de variáveis – como pressão, vazão e temperatura dos pontos notáveis. Dessa forma, a equipe passou a ter melhores condições de atuar de forma preventiva na manutenção das bases operacionais.

Leia o artigo: “Projeto InfoSCADA: aplicação da solução Proficy nos terminais e dutos operados pela Transpetro”, publicado na revista Petro & Química: Revista Petro&Quimica: GE Historian na Transpetro.