Visão estratégica e novas habilidades para a transformação digital na Indústria

Estamos na era da indústria 4.0, a viver a transformação digital, a fazer uso intenso de novas tecnologias e a acompanhar as mudanças cada vez mais rápidas, tanto no ambiente de trabalho quanto na vida pessoal. Estamos também a enfrentar muitos desafios.
Um deles é relativo à capacitação profissional na área da automação industrial. Para o uso adequado e eficiente de novas técnicas e ferramentas de trabalho são necessários novos conhecimentos e visão estratégica. Especialmente, projetos longos ou complexos exigem muito planejamento. Nesses casos, o método “aprender fazendo” dificilmente permite antecipar riscos e pontos críticos, sendo difícil – ou impossível – definir as melhores práticas logo no início, quando ainda é possível fazer ajustes e escolhas sem impacto em prazo, custo ou qualidade.

Considerando as pressões por redução de custos e o volume crescente de tarefas inerentes aos dias de hoje, como é que podemos reduzir esses riscos? É preciso planejar, usar o tempo não para solucionar problemas urgentes, mas para criar estratégias, identificar pontos críticos e agir preventivamente.

A definição da equipe está inserida neste contexto. Ao iniciar um projeto, é importante conhecer as capacidades necessárias e existentes. Porém, é fundamental identificar as deficiências e as melhores formas de supri-las. Dois caminhos comuns escolhidos por gestores de manutenção e automação industrial são os cursos e a contratação de fornecedores especializados.

Continuar lendo


Este assunto também foi notícia em: Computerworld e O Debate. Em 22/08/2018 publicado na RH Online de Portugal.